quarta-feira, 13 de outubro de 2010

260 000!


Reavivou-se este Verão a obsessão, porque é mesmo disso que se trata.
Lembro-me de ser pequenina e passar por aquela casa a caminho da Atalaia … olhava-a sempre de um modo especial, imaginava quem lá moraria, como seria por dentro. Nunca soube bem porquê, a admirei, espreitava em segredo os seus cantos, queria saber mais.

Casa Mola
As idas à Atalaia foram diminuindo, bem como, e por consequência, o meu fascínio por aquela casa, durante anos esqueci-me que existia.
Muita coisa se passou entretanto, e neste momento não tenho algo a que possa chamar um lar, apenas paredes confortáveis onde sei que gostam de mim, tratam de mim e das minhas coisas, mas não, não um lar.

Foi também este Verão que lá passei, num dia especialmente desolante, ia a caminho da Atalaia, mais propriamente de Porto Barcas, precisava daquela paisagem para me acalmar, obrigado meu amor. Foi nesse dia que vi a placa “À venda”!
O meu coração disparou, numa sensação de ansiedade um tanto quanto angustiante,” nunca será minha” pensei … ainda assim apressei-me a tirar o número da Imobiliária … os dias foram passando, e no dia em que entrei na nova casa da Tânia e do Henrique, esta com certeza não será uma casa-mola, liguei para lá.

310 000 era então o preço da felicidade! “Sabe, a casa tem 3 casas de banho, 2 quartos, 2 suites, 2 salas, uma cozinha nova!!” Mas eu não quero saber disso, não quero saber, quero-a para mim, sussurrei cá dentro. Mas no meu caso, até 10 000 seria de mais =/.

Dei voltas e voltas à cabeça a pensar numa maneira, só me apetece ir trabalhar e pedir um empréstimo, quero-a tanto, quero-a como minha.
É antiga e foi restaurada, é linda, apetece-me saborear cada centímetro daquele local soalheiro, viver cada momento, ser tão feliz lá.

Saboreámos o que a cusquice nos deixou, espreitámos por entre os muros azuis e brancos de um caiado fabuloso, mas soube a pouco, não foi meu amor?

A Imobiliária mudou, a felicidade passou para 260 000, mas continuas e continuarás sem nunca ser minha.

boa noite

Sem comentários: