sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Sobre o Amor

Já escrevi este texto mil vezes ... no coração, na mente ... só falta no papel ou aqui.
Seriam tantas as coisas que nunca há uma forma certa de acabar ou começar ...

Mas ultimamente o que tenho sentido traduz-se perfeitamente em dois contos que hoje li, de Pedro Chagas Freitas e quando li o que queria escrever, perdeu-se o sentido de o contar.

A escrita dele é subtil, rendi-me logo nos primeiros parágrafos. Escrever sobre amor com tanta poesia não é difícil .. mas também não é fácil. No entanto, é fácil agradar ... quem não se revê em histórias de amor?

Todos nós temos um amor  ...
... perdido ...
... não correspondido ...
... impossível ...
... inesquecível ...
... que perdura ... apesar da amargura.

Porque os sentimentos vão e as memórias ficam ... e o mais certo que temos na vida é que o preço da mesma, é amar.


Sem comentários: